• mayo 2012
    L M X J V S D
    « Abr   Ago »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28293031  
  • Categorías

  • Archivos

  • Lar São Jerónimo

    Lar São Jerónimo

  • Síguenos en:

AS TRÊS VISITAS

Español

English

English

Italiano

Em anteriores ocasiões falamos de visitas ao nosso Centro, algumas “oficiais”, de personalidades com responsabilidades em várias áreas: política, educação, finanças… Desta vez, falaremos de três visitas: uma simbólica, outra espiritual e, por último, uma visita física.Boas vindas à Semana Santa (Fotografia: Lar de São Jerónimo)
A visita simbólica foi a da cegonha. Desde há alguns meses que temos habitantes “suínos” na nossa obra, no âmbito agropecuário; um sector que pouco a pouco se vai ampliando. No dia 6 de março, tivemos o primeiro nascimento: a cegonha dos animais A mãe com os seus bebês (Fotografia: Lar de São Jerónimo) trouxe-nos 7 leitões (seis deles “manchados” e um com uma pata preta e o corpo inteiro da mesma cor). Já receberam a sua primeira vacina e, com pouco mais de um mês de idade, todos eles se encontram de boa saúde. Queremos ampliar este sector (pecuário), o que seria de grande ajuda para melhorar a alimentação (principalmente a nível protéico) e para fazer avançar o objectivo, ainda um pouco distante, do autofinanciamento.Os que vão ser baptizados precedidos das dançarinas (Fotografia: Lar de São Jerónimo)

A visita espiritual foi a do Espírito Santo. Dez crianças foram batizadas no Centro durante a Vigília Pascal, As nossas crianças com a vela do Baptismo (Fotografia: Lar de São Jerónimo)durante a noite – que não foi nada fresca – recebendo a “água e o Espírito Santo.” Começamos as comemorações da Semana Santa no Domingo de Ramos com palmas nas mãos e nas paredes, nas portas e nas janelas da capela, como se pode ver em alguma das fotografias. Domingo de Ramos na capela (Fotografia: Lar de São Jerónimo)Foi uma celebração festiva na qual os mais miúdos aproveitaram o tempo da missa para trançar as suas palmas. Momento do Baptismo (Fotografia: Lar de São Jerónimo)È interessante verificar a quantidade de objetos e de aplicações que lhes são dadas aos ramos da palmeira (servem para cestas, telhados… e até, removendo as folhas, como pau para misturar a comida quando feita em potes grandes (e às vezes em tambores).Chegada do bispo (Fotografia: Lar de São Jerónimo)
A visita física foi a do novo bispo, D. João Carlos Nunes Hatoa, que nasceu na Beira, no mítico ano 68, mas que, desde há anos, reside no Maputo. A visita foi organizada mais para aqueles que vivem e estudam aqui do que para aqueles que vêm rezar aos domingos ou vêm ao sábado à catequese. Chegou pouco antes das nove e foi recebido pelos dois “padres” que estamos agora aqui. Sem muita parafernália dirigiu-se à sacristia para iniciar a Missa:Miúdos... e crescidos na Missa (Fotografia: Lar de São Jerónimo) bailarinas, cantos acompanhados por tambores, maracas (aqui na língua local os chamam “gojos”) e até um órgão conferiam, se possível, um carácter mais vistoso e alegre à celebração. No ofertório destacou-se a cadeira preparada por alunos do Centro de Formação Profissional (a estrutura foi feita pelos alunos de soldadura (serralharia civil), que também lhe ofereceram um balde feito por eles; os braços e os assentos foram feitos pelos alunos da carpintaria e pelas alunas de costura), Recebendo as ofertas (Fotografia: Lar de São Jerónimo)ficando pendente uma pizza que seria preparada pelos alunos de culinária (cozinha) para a parte da tarde. Depois, distribuiu-se a cada sector uma tarefa: o coro foi formado pelos alunos da Formação Profissional (principalmente mulheres), as bailarinas, por meninas e jovens da Comunidade cristã, as leituras e oração dos fiéis pelos do Lar e pelos seminaristas, os acólitos pelos que habitualmente estão presentes aos domingo, ofertório… todos aqueles que  quiseram. Os miúdos também plantaram a sua acácia (Fotografia: Lar de São Jerónimo)Em seguida, procedeu à bênção de todas as instalações, com a plantação de uma árvore (uma acácia), seguindo a tradição de visitas anteriores, que abriu a visita propriamente dita de todo o Centro, É importante que a água não falte (Fotografia: Lar de São Jerónimo)durante a qual não parou de fazer sugestões e perguntas. Terminou-se o encontro com uma comida, com todos os da casa, como sempre, todos juntos no refeitório, onde fomos acompanhados dos convidados de honra, os outros convidados (alunos, acólitos…), como não tínhamos mais espaço, almoçaram no pátio e aulas da escola. O bispo ficou encantado e admirado com o trabalho que estamos a levar a cabo e agradeceu o trabalho feito.Abençoando todo o Centro (Fotografia: Lar de São Jerónimo) Agradecimentos que tornamos extensivo a todas que estão a fazer (fazeis) possível com a sua (vossa) ajuda que o Centro seja uma realidade em crescimento.

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: