• enero 2014
    L M X J V S D
    « Jul   Abr »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorías

  • Archivos

  • Lar São Jerónimo

    Lar São Jerónimo

  • Síguenos en:

Coisas de Natal

Ao longo do ano vão acontecendo muitos pormenores muito comovedores, alguns chamam-lhes “ piscadelas de olhos de Deus”, outros “ surpresas da vida”…. Por vezes são acontecimentos poderosamente chamativos, outras praticamente imperceptíveis, pode ser que coincidências, pode ser que em resultado de trabalho prévio, por vezes previsíveis, por vezes inesperadas;

O dia 1 de Janeiro florecia a primeira flor da paixão, o dia 2, como pode ver-se, já temos mais (Foto Pe. Pedro).

O dia 1 de Janeiro florecia a primeira flor da paixão, o dia 2, como pode ver-se, já temos mais (Foto Pe. Pedro).

são as que fazem que cada dia seja especial e pode ser que até nos façam alegrar-nos ou ver os sinais da bondade/Bondade, com minúscula ou maiúscula conforme a fé de cada um, que passa e deixa algum pequeno ou grande resplendor. Claro que temos deter os olhos abertos, um tanto ingénuos, com suficiente capacidade de admiração, olhos de criança,

Olhar de criança (Foto: Lar São Jerónimo).

Olhar de criança (Foto: Lar São Jerónimo).

que estão abertos a aprender coisas novas que para outros são evidentes, “normais”, sem nada de “especial”.

Este ano tivemos um presépio móvil, cujas figuras se deslocavam consoante as circunstâncias ou para onde fizessem falta .A “sede” estável estaba na sala de jantar, com todas as figuras , esta vez com figuras “ grandes”, que cosntumavam estar na capela. Assim chegou a Missa do dia de Natal.

Alguns momentos da celebração  (Foto: Lar São Jerónimo).

Alguns momentos da celebração (Foto: Lar São Jerónimo).

Começamos a celebração, que vinha acompanhado de batizados, com cinco figura…: S. José, Nossa Senhora… uma ovelha com o seu pastor e uma anjo. Alguém estaba a pensar no típico “mistério” no qual se encontra , evidentemente, o Menino Jesus, a mula e o boi? Não, a mula e o boi ficaram na sua sede e o Menino Jesus entraria acompanhado solenemente mais tarde com o cântico de “Gloria”; isto foi bem aceite por todos, mas a falta de animais no estábulo … nem por isso.

As cinco figuras que acompanhavam o Menino (Foto: Lar São Jerónimo).

As cinco figuras que acompanhavam o Menino (Foto: Lar São Jerónimo).

O gado bovino is pedir o seu protagonismo na celebração : è a única vez do ano que estamos junto do Menino e “deixam-nos de fora”! Isto não pode ser!!!!!“. E aconteceu aquilo que era …. previsível? A chefe da manada, Canela, que tem mau génio, pôs-se em frente da porta principal para entrar ( algo que é muito mais habitual nos cãozitos que temos, que gostam de aproximar-se do altar) querendo demonstrar que era um “direito da sua espécie” e não uma mania, e assim trouxe o resto da familia

É uma aparição? Não! É ela, a Canela!, e vem acompanhada (Foto: Lar São Jerónimo).

É uma aparição? Não! É ela, a Canela!, e vem acompanhada (Foto: Lar São Jerónimo).

e pronto: aí tivemos o gado bovino, respeitanto o recinto sagrado e aproximando-se para ver o Menino. È Natal.

Todos capinando... Tem que ficar bonito! (Foto: Lar São Jerónimo).

Todos capinando… Tem que ficar bonito! (Foto: Lar São Jerónimo).

Tres dias depois , para os católicos celebra-se a festa dos Santos Inocentes, na qual se recorda a norte dos meninos menores de dois anos ordenada pelo Rei Herodes, e que para os Padres Somascos è jornada de Defesa das crinças “esquecidas” pois hà novos “Herodes” que contibuam a ser os verdugos de tantas crianças que , ainda no c XXI, dois mil anos depois, são maltatadas. Nessa data, e já na sua 5ª edição, como nos recordava o P. Pedro na celebração festiva, organizada pela Polícia de Menores -Gabinete de atendimento à mulher e à criança víctimas de violência, organiza-se uma festa (ver noticias do ano pass eado) na qual são convidadas crianças, de diferentes centros de menores,

Cumprimento ao Comandante. Brincadeiras (final das “cadeiras musicais”) para as crianças (Foto: Lar São Jerónimo).

Cumprimento ao Comandante. Brincadeiras (final das “cadeiras musicais”) para as crianças (Foto: Lar São Jerónimo).

e órfãos de membros da policía e vítimas de abuso ou abandono, que são tutelados temporalmente por eles até encontrar uma solução, além de outras crianças com poucos recursos; Costumamos ser acompanhados por varias autoridades que nesta ocasião foram: a Senhora Dona Sofia , mulher do Senhor Governador,

Os miúdos e os crescidos dão as boas-vindas a Dona Sofia (Foto: Lar São Jerónimo).

Os miúdos e os crescidos dão as boas-vindas a Dona Sofia (Foto: Lar São Jerónimo).

que já è a terceira vez que nos visita e da qual já falámos noutras ocasiões, o Comandante Provincial da Polícia, a Diretora Geral de Acção Social, e outras personalidades, além de colaboradaores e representantes de entidades que ajudam para que este acontecimento seja uma grande festa para todas estas crianças: jogos, danças, discursos, comida, e presentes,desta vez um saco com uma surpresa, oferecida por uma companhia de radio e um barrete de “Pai Natal”.

Acolhedor por fora e dentro: local, gestos e palavras (Foto: Lar São Jerónimo).

Acolhedor por fora e dentro: local, gestos e palavras (Foto: Lar São Jerónimo).

Um dos momentos mais significativos foi o “corta-bolo” momento no qual é cortado solenemente um bolo (ou um deles), corte que se costuma fazer com varias mãos, significando a união e a participação dos comensais. O acontecimento foi recolhido por diversos meios de comunicação social: imprensa, radio e televisão. Todos terminaram muito contentes, esperando a próxima edição. Nesta vez esperavámos 200 comensais, mas a empresa de catering disse que tinham sido serviços 310 pratos.

“Pais Natal” em todos os lados (Foto: Lar São Jerónimo).

“Pais Natal” em todos os lados (Foto: Lar São Jerónimo).

E como lembrança do nosso compromisso com a infancia, um dos menores, que estaba a ser atendido pelo dito Gabinete, ficou no nosso Centro e a partir de agora pode desfrutar de uma nova Casa.

E chegou o Fim do Ano, esta vez pasado por água, toda a noite com chuva, o que não impediu os foguetes e gritos de um feliz ano novo, na hora adequada que se ouviram em toda a Beira e em grande parte do mundo. A música também não faltou durante toda a noite no dia seguinte, embora às vezes a luz se fosse embora, e umas tres horas de descanso por volta das duas horas da tarde.

É noite, mas os  relampagos  iluminam a “machamba” (Foto: Pe. Carlos).

É noite, mas os relampagos iluminam a “machamba” (Foto: Pe. Carlos).

Aqui foi precedido por um dia, quer dizer, uma noite de uma boa tempestade eléctrica, com a correspondente chuva, e da qual deixamos como testemunho algumas fotos curiosas.

Vê-se um raio ao longe e também um efeito estranho... perto? (Foto: Pe. Pedro).

Vê-se um raio ao longe e também um efeito estranho… perto? (Foto: Pe. Pedro).

Feliz Ano 2014!!!!!

Anuncios

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s

A %d blogueros les gusta esto: